Archive for Moda

Como foi a participação da Loja Paraná na IIª SteamCon (parte IV)

// November 1st, 2014 // 1 Comment » // Eventos, Loja, Moda, Oficina, SteamPunk

O Grande Momento Solene da II STEAMCON ocorreu após as oficinas e palestras serem realizadas. Com o salão cheio no Lira Serrano, cada vez mais lotado pelos convivas ansiosos por conta do aguardado Baile de Máscaras, organizado pela steamer Débora Puppetmissing do grupo FULL STEAM- Campinas, e com o clima londrino de garoa forte e neblina que impedia visualizar além de 3 metros, tivemos a Outorga das Comendas. A Comenda era uma antiga honraria militar e civil entregue em reconhecimento aos trabalhos e feitos das personalidades de destaque nos tempos coloniais e imperiais. E há alguns anos ela é concedida pelo Conselho SteamPunk Brasil aos steamers que mais se destacaram na criação, difusão, divulgação e desenvolvimento do SteamPunk em nossas terras brasileiras. Existem duas modalidades de Comenda, a Ordem da Jarreteira, e a Ordem da Caldeira. E, na II STEAMCON desse ano, tivemos a entrega da Ordem da Caldeira para os steamers em destaque: Carlos Alberto Machado, Adriana Cabral e Karl Felippe. Esses agraciados, que receberam a Ordem da Caldeira das mãos de Bruno Accioly, e a partir de agora Comendadores Steampunks Brasileiros, juntam-se ao Comendador da Ordem da Jarreteira Romeu Martins. Parabéns a todos os agraciados! Vossas senhorias mereceram a honraria, e que isso inspire aos demais steamers na preservação da pressão do vapor na caldeira nacional!

Capitão Escarlate, ou melhor dizendo, COMENDADOR Capitão Escarlate apreciando a Medalha da Ordem da Caldeira

O Gran-Finale da Steamcon ocorreu em sequência à outorga das Ordens: o Baile de Máscaras! Dentro do grande salão, diversos casais, amigos, grupos e convivas reuniram-se para dançar, embalados por uma grande seleção de musicas steampunks, clássicas, e músicas solicitadas pelo público antecipadamente via facebook. Nesse espaço, todos tiveram seu momento de esticar as pernas, convidar a nobre dama ao lado, e reviver o auge da era vitoriana no universo steampunk. Fossem em grupos, trios, duplas, casais ou sozinhos, steamers sacudiram suas bielas e mexeram as caldeiras. Ocorreu até mesmo um “duelo de dança” numa roda de steamers. Empolgados pelas palmas dos presentes, “steamers-freestylers” (André Heck Peixoto e Igor Garcia Soares da Cruz) emendaram passos de hip hop numa apresentação improvisada, mas muito bonita. Entre os dois blocos do Baile, tivemos mais uma vez a apresentação de dança cigana pelas dançarinas Morgana Sirvak e Luciana Shiraishi.

Conforme o tempo passava, as dança eram dançadas, fotos tiradas e recordações e contatos trocados, o grupo da Loja Paraná foi retirando-se de cena à moda francesa. Ainda tínhamos uma looonga viagem pela frente. Despedimo-nos de alguns, e recolhemo-nos para um último momento na Hospedaria Memorialistas. Após algumas horas dessa imersão surreal por esse mundo de fantasia, onde a ficção virou realidade em Paranapiacaba, estávamos fora da névoa mágica, e voltamos à realidade dura, cinzenta, e caótica nas estradas e avenidas cruzando São Paulo até nossa querida Terra dos Pinheirais, nossa amada Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, a Curitiba querida por todos nós.

Deixamos o final para agradecer ao fim de semana incrível que tivemos. Rendemos a todos que organizaram a II STEAMCON imensos elogios, e maiores agradeciemntos ainda. Foi SEN-SA-CI-O-NAL, mesmo, de verdade. Surpreendeu a todos que aguardávamos um evento fantástico, mas que tivemos um evento extraordinário! Agradecemos também a todos os lojistas, expositores, “oficineiros”, palestrantes, fotógrafos, escritores e claro, a todos que nos receberam de braços, asas e próteses abertos, acolhendo aos “curitibanos fechados” e descobrindo que a “Rússia Brasileira” é lar de pessoas simpáticas, e steamers vaporosos!

Estamos já em contagem regressiva para retornarmos a capital SteamPunk brasileira, onde iremos prestigiar a III STEAMCON! Queremos deixar claro que esperamos a todos steamers, diesels, piratas, magos, demônios, angelicais e aethéricos em nossos eventos e gravações! Apareçam!

E não se esqueçam:

Fogo na Caldeira e Asas a Imaginação!! \o/

7º Café Steampunk – Homenagem para Leonardo DaVinci Especial Premiações.

// June 16th, 2014 // No Comments » // Eventos, Loja, Moda, SteamPunk

Saudações a todos os steamers dessa nação que cresce a cada dia!

Como explicado na postagem anterior, dia 08 de junho tivemos no AocaBar a 7ª edição do tradicional  evento Café a Vapor SteamPunk, dessa vez em homenagem ao gênio Leonardo DaVinci. Vocês puderam acompanhar um relatório geral sobre  o evento como um todo. Porém, sempre tivemos uma “atração” especial  que nessa edição mereceu um destaque especial: as premiações!

Antes de explicar as premiações, cabe esclarecer alguns termos. Os adeptos do steampunk, os steamers podem, ou não, usar uma caracterização. Essa caracterização (roupas e acessórios) é chamada steamplay (steampunk + cosplay). O Steamplay se diferencia do cosplay por não seguir um modelo pré-definido, e nem ser baseado num personagem já existente em algum tipo de mídia. Ele é um visual criado e elaborado pelo próprio usuário que usa sua imaginação e criatividade.

Faz-se necessária a explicação, pois uma das duas modalidades de premiação é o Concurso e Desfile Steamplay, onde os steamers (que quiserem) desfilam e explicam seu visual, acessórios (e fabricação deles), e explicam também sobre a história do seu personagem no universo steampunk (não precisa ser elaborada em detalhes, e nem ser fixa. Apenas serve para que todos possam entender qual seria a ideia do visual). Há uma comissão avaliadora, formada por membros da Loja Paraná do Conselho Steampunk e/ou frequentadores mais antigos, e que após todos se apresentarem, emitem sua avaliação e premiam os três primeiros colocados. Os prêmios normalmente são troféus,  acompanhados de exemplares de livros.

A outra forma de premiação é através de sorteio. Ele funciona de forma simples e direta: ao entrar no local do evento, todos recebem um ingresso numerado. No meio do evento, é realizado os sorteios de diversos números, e ganha o portador do ingresso com o respectivo número sorteado. Os prêmios são criações feitas pelos diversos steamers, além de livros e doações feitas por pessoas relacionadas ao movimento SteamPunk, ou ainda por outras Lojas do Conselho Steampunk Brasileiras.

Nossa primeira série de premiações ocorreu com o Concurso. Como jurados, estavam Carolina Marcondes (Naki), frequentadora assídua desde os primeiros eventos, e dois membros do conselho, Evelim Iensem (Shamps) e André Felipe (Andropov, vulgo Russo).

Em ordem, Naki, Shamps e Russo

Tivemos, pela ordem, 10 competidores:
1. Guiro com o seu Caçador de Vampiros superequipado.

Guiro e sua besta de combate aos vampiros

2. Lincoln, com seu Vampiro Caçador de Lycantropos (lobisomens).

Lincoln, caçador e investigador de lobisomens

3. Fábio, com seu Barão Russo.

Fabio, como barão Russo. Estaria a Mãe Rússia se expandindo pelo steamundo?

4. Vito, com seu modelo Freddy Krueger com garras steampunks.

Vito, e suas mecanogarras, estilo Freddy Krueger

5. Thiago, com seu Aviador Steam/dieselpunk

Nosso piloto de triplano, pousando em terras à vapor.

6. Linei com sua Anja com asas de ferro.

Com suas asas negras de ferro, Linei aparece como uma Anja, mas fica a dúvida, está para combater ou para liderar?

7. Chiara, e seu belo traje steampunk mirim.

Chiara, encantando a todos e fazendo sucesso com a moda steampunk infantil.

8. Luzia, e sua feiticeira steampunk.

Em trajes negros, a Feiticeira Luzia enfeitiçou nosso evento.

9. Aninha, e sua capitã Pirata.

A Pirata Morgan; para vingar seus pais, ela curvou-se ao mundo da pirataria.

10. Carolina, e sua Caçadora de Recompensas.

Carolina, estreando no mundo steampunk, e já marcando presença com seu visual, criação de sua própria autoria

11. Amy, com sua jedi steam (que a força do vapor esteja com você!).

Bom, já tivemos a presenta do Darth Vader steampunk, agora teremos uma Jedi steampunk para equilibrar as Forças do Vapor Negro e Branco.

12. Anne e Lorena, com sua apresentação dupla de damas aventureiras.

A dupla muito bem armada e preparada para desbravar esse novo mundo, fez bonito na apresentação

Após a apresentação dos concorrentes, os jurados se reunem, e decidem quem serão os três primeiros colocados. Neste evento o 1º lugar foi para o caçador Guiro; em 2ª lugar foi escolhida a steamer jedi Amy, e em 3º lugar, a caçadora steamer Carolina. Como prêmios, cada um dos selecionados recebeu um belo troféu trabalhado imitando uma catapulta desenhada por Leonardo daVinci (detalhe, ela é funcional!). Troféu esculpido pelo artífice steamer Irineu Klosowski especialmente confeccionado para nosso evento. Junto ao troféu, cada um dos selecionados ganhou um exemplar do livro “S.O.S. Titanic” da editora Literata, livro com um conto escrito por Carlos Alberto Machado, o Capitão Escarlate.

Carolina, recebendo o prêmio de 3ª Lugar no Concurso de Steamplay

Amy, recebendo o troféu pelo 2º Lugar no Concurso Steamplay

Guiro, recebendo o troféu pelo 1º Lugar no Concurso Steamplay

Finalizando o Concurso, tivemos a segunda série de premiações, com Sorteios de itens doados e confeccionados por nossos amigos steamers e artífices.
O primeiro item sorteado foi uma camiseta com estampa de um leprechaun, acompanhado por três adesivos exclusivos, doado e confeccionados pelo gaiteiro Leandro MacLorihem. A ganhadora foi a steamer Lorena.

O segundo item foi um caderno encapado com estampa em homenagem ao Star Trek, confeccionado à mão pela steamer Renata, cujo ganhador foi Deivid Schlosser Onório.

O próximo item sorteado foi um exemplar do livro “Sociedade dos Meninos Gênios”, livro este doado pela Loja São Paulo do Conselho Steampunk, especialmente para ser sorteado em nosso evento. Queremos aqui agradecer aos nossos amigos paulistas pela doação do livro, e também pelo oferecimento das cartas feitas pela editora para divulgação do livro. Todos adoraram os pacotes de chá que acompanhavam os envelopes (para os que já leram, ficou a ótima referencia ao livro, e para os que ainda não o leram, o mistério do chá deverá atiçar a curiosidade). A ganhadora desse prêmio especial foi Aninha Schlosser, a Pirata.

O item seguinte sorteado foi o bracelete de couro e malha metálica, feito à mão pelo steamer Raffael (Ciel). Esse item disputadíssimo foi para a steamer Carolina Marcondes (Naki).

Na sequência, o próximo item sorteado foi uma belíssima caderneta, também feita a mão pela steamer Renata. Quem ganhou o prêmio foi a steamer catarinense Carla Popper

O penúltimo item sorteado, e cobiçado pela maioria, foi o belo quadro pintado pela steamer Tathy Zimmermann. Feito a mão com tinta acrílica,e com desenhos referentes ás obras de Leonardo DaVinci, o magnífico quadro foi sorteado para a steamer Linei.

O último item sorteado foi uma impressionante máscara de gás customizada. Feita pelo steamer Vito, a máscara de gás foi totalmente customizada, incluindo luzes verdes (leds) em um dos respiradores, o que dava um efeito único à peça. O ganhador foi o steamer Thiago, o aviador dieselpunk (que com a máscara, ficou mezzo steam, mezzo diesel).

Finalizado o amplo sorteio, tivemos prosseguimento com o evento, a banda Dreams of Faith que encerrou com um desempenho incrível a noite dos convivas.

Os membros da Loja Paraná do Conselho Steampunk deixam e reiteram os agradecimentos a todos que contribuíram para a realização de mais esse evento, e das premiações. De forma especial, agradecemos aos steamers Irineu (pelos troféus), Carlos – Capitão Escarlate (pelos livros), Leandro (pela camiseta e os adesivos), Renata (pelos cadernos), Ciel (pelo bracelete), Vito (pela máscara), e Tathy (pelo quadro). Sem a ajuda de vocês, nosso evento não teria a mesma luz e alegria. Nosso muito obrigado a todos!

Agradecemos também ao pessoal da Loja São Paulo. Desde eventos anteriores, eles nos auxiliam doando livros, e instigando a todos ao ato da leitura, divulgando ao mesmo tempo vários dos livros de temática steampunk que estão circulando em nosso país e sendo produzidos pelo mercado editorial brasileiro. Nosso muito obrigado, e que em breve possamos nos encontrar na Steamcon daqui a alguns meses.

E agradecemos novamente ao nosso respeitável público, cuja participação cada vez mais forte e empolgada garante e nos fornece energias para continuar colocando mais fogo e pressão na caldeira, e levando nossa locomotiva cada vez mais além!

 

Fogo na Caldeira, e Asas à Imaginação!

Hanamachi 2013: Vapor entre as Flores

// January 25th, 2014 // No Comments » // Eventos, Loja, Moda, Oficina, SteamPunk

Saudações nação steamer!

Neste relatório, iremos falar sobre o Hanamachi, evento ocorrido em Joinville, nos dias 16 e 17 de novembro do corrente ano de 2013.

Para os que ainda não conhecem, o Hanamachi é um evento voltado para a cultura otaku/nerd/geek em geral. Realizado nas instalações do SESC da cidade, conta com uma belíssima infraestrutura, com diversos estandes de lojas, além das múltiplas salas de atividades (indo desde museu com videogames antigos, até sala de Terror, Origami, língua japonesa entre outras), e o amplo ginásio, onde ocorrem as apresentações, shows e atividades de luta (swordplay, e arremesso de shyoriken).

Vista do Salão Principal

Pocket Show em meio ao Salão principal

Uma das várias oficinas do evento

Queremos, de antemão, agradecer aos organizadores, pois apesar dos pequenos percalços que ocorreram (naturais a qualquer evento desse porte), souberam resolver as questões muito bem. E agradecimentos ainda maior ao público, que se mostrou muito educado e atencioso com o universo Steampunk. Mais para frente isso será explicado.

Esse ano, o Conselho foi representado pelos steamers Renata, PW, Elton, Daniel, Ciel, Aninha, André, Aline, Shamps, Lincoln, e Marielen. Infelizmente, o Capitão Escarlate não pode estar presente, e a Capitã Pirata Anne, estava atuando em sua identidade civil, como a linda Lolita, cuidando junto com as demais moças da Sala Lolita (aliás, muito elogiada pelo publico e que estava lindíssima! parabéns moças, arrasaram). Também apareceram lá os steamer mafrenses Junior e Carla, que aumentaram nossas tropas e chamaram muitas atenções do pessoal.

Lincoln, Junior, André (Andropov), Carla

Aninha, com seu steamplay de assassino.

ALine, PW, Renata e Marielen

Daniel e Elton, com seus belíssimos visuais

Como atrações, além do incrível Museu Steampunk, foram ministradas as Oficinas de Cartola e Trabalhos em Couro, sendo a 1ª dia 16, e a 2ª dia 17. Ambas as oficinas foram sucesso de publico e de elogios. O pessoal adorou fazer as cartolas com a Steamer Renata ensinando-os e dando dicas para decorá-las. Todas ficaram lindas e o pessoal pode levar para casa excelentes trabalhos!

Renata “workshopando”, ensinando o pessoal a fazer lindas cartolas e minihatsRenata “workshopando”, ensinando o pessoal a fazer lindas cartolas e minihats


Exemplos de minihats feitos durante a oficina

Exemplos de minihats feitos durante a oficinaExemplos de minihats feitos durante a oficina

No domingo, com os steamers Daniel e Elton, o pessoal pode fazer vários modelos de bolsas e acessórios em couro. Novamente, foi um sucesso de publico, como no ano passado, e foi uma das oficinas que mais se estendeu a nível de tempo, pois a cada momento mais e mais pessoas queriam aprender a fazer acessórios. Ficamos muito felizes com isso, pois mostra o quanto é grande o interesse do pessoal com as oficinas e com o estilo steampunk 😀

Pessoal muito concentrado montando bolsas durante oficina de couro

Pessoal muito concentrado montando bolsas durante oficina de couroPessoal muito concentrado montando bolsas durante oficina de couro


Elton explicando como modelar couroElton explicando como modelar couro

um dos exemplares de bolsa produzidos durante a oficinaUm dos exemplares de bolsa produzidos durante a oficina

Além das oficinas, os steamers André e Aline fizeram apresentações ao público. O primeiro realizou uma palestra explicando sobre o que é o Steampunk, suas origens literárias e como ele se tornou uma subcultura em constante ampliação. A steamer Aline apresentou-se em sequencia, fazendo um número de dança steampunk. O público ficou encantado com as duas apresentações, buscando depois delas mais informações e dicas de sites e livros para se inteirar mais acerca do universo steamer.

Steamers André (Andropov) e Aline durante respectivas apresentações

Steamers André (Andropov) e Aline durante respectivas apresentações

Steamers André (Andropov) e Aline durante respectivas apresentações

Como dito anteriormente, o público foi o mais marcante. Apesar de tímido, mostrou-se muito curioso e interessado sobre o visual, e não só, mas também na literatura, musica, seriados e filmes. Ainda mais espantoso foi o respeito e atenção do pessoal para tirar fotos ou para ver mais de perto as peças presentes na Sala Steampunk e nas roupas dos steamers. Parabéns pessoal!

Publico atento para a palestra e dança

Publico atento para a palestra e dança

Publico atento para a palestra e dança

Novamente, queremos agradecer aos organizadores por nos convidarem e nos acolherem tão bem no evento! E estamos já ansiosos para ano que vem repetirmos o resultado, se não ainda mais melhorá-lo!

Fogo na caldeira e asas à imaginação!

Steamers do Mundo, uni-vos e avante!

Texto baseado nas anotações de Andropov e Katharina,

com fotos de Lincoln Schindler

Informe Urgente nº002

// July 4th, 2013 // 1 Comment » // Eventos, Loja, Moda, SteamPunk

Soldados! Atenção!

Ultimas noticias diretas do Quartel General, onde o Alto Conselho de Guerra Steampunk está em deliberações para a derradeira batalha contra o General Inverno.

Os esforços de guerra na frente civil e militar está rendendo, e grandes personalidades estão doando obras de arte para premiar os garbosos beligerantes, e as encantadoras valquírias que participaram desse embate musico-social.

* A General de Pintura, Arte e Retrato Adriana Padilha, artista que exibirá algumas de suas obras durante o evento, irá fazer a caricatura d@  sortud@ que ganhar esse prêmio durante o sorteio;

* A steamer Renata doou duas obra-prima de execução, um mini-caderno e um Diário de Viajante, para ser sorteado durante o evento. Caderno este feito à mão, trabalho artesanal com capa de couro e vulcapel, inspirado no livro de sucesso steampunk “Leviatã”.

* A Miss Giovana Mathos cedeu-nos um lindíssimo enfeite de cabelo steampunkizado. Prêmio mais que radiante, motivo de ostentação para todas as Valquírias que estiverem presentes durante o sorteio dos prêmios.

Por enquanto, essas são as novidades. Mais motivos para não perder essa edição do Café a Vapor. Diversão, comida, bebida, alegria, e prêmios!

Fogo na Caldeira e Asas à Imaginação!!!

Oficina de Cartolas de Mini Hats

// April 14th, 2013 // No Comments » // Eventos, Moda, Oficina, SteamPunk

Fugindo um pouco do calendário, em uma (de duas) edição extraordinária, o Conselho Steampunk realizará uma Oficina de Cartolas e Mini Hats na Faculdades Integradas Camões pela oficineira de plantão Renata C. Kamarowski.

Quem tiver interesse ou dúvidas, favor encaminhar sua cofirmação ou questionamento para o e-mail: rita_de_cassia_oliver@hotmail.com

Fogo na caldeira, e asas à imaginação!!!

XVII Oficina SteamPunk – Cartolas e Mini hats

// November 2nd, 2012 // 6 Comments » // Eventos, Moda, Oficina, SteamPunk

Saudações novamente, amigos aventureiros e amigas intrépidas! Todos unidos na força do vapor!

Antes das boas noticias, cabe despreocupar os espíritos mais ansiosos. Tivemos um período latente em nossas atividades devido a mudanças e preparações para uma série de novidades que iremos divulgando aos poucos. Nosso sumiço não foi em vão, e todos terão ótimas surpresas. Aguardem!

Feita as explicações, vamos às boas noticias entusiastas vaporificos!

Após nossa pausa de atividades, iremos voltar com tudo e todos. E nossa primeira atividade será uma oficina sobre fabricação de cartolas e mini-hats. Oras, não sabem que são esses itens preciosissimos e superutilizados no steampunk? Não tem problem. Cartolas são os chapéus masculino – ex: de cano alto, tipo o do Abraham Lincoln; já os mini hats são as versões femininas, cartolinhas muito delicadas e refinadas usadas como enfeites de cabelo.

Então? Vão perder a chance de aprenderem a fazer esses itens lindos e versateis? Não tenham preguiça! Fogo nas máquinas, e compareçam em nossa próxima oficina, que conta com Renata C. Kamarowski como oficineira, no dia 10 de novembro às 14:30 horas, no tradicional Quartel-General Steampunk, o Solar do Barão (mais especificamente, no espaço em frente à gibiteca) na Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 533 – Centro.

Materiais necessários para sair de lá com sua linda cartola ou mini-hat:

– 2 folhas de EVA de 40×60 para a cartola
– 1/2 de folha de EVA de 40×60 para o mini hat
A cor e a texturas ficam a gosto pessoal, pois serão adereços pessoais.

Esses itens podem ser conseguidos facilmente nas lojas de armarinhso próximas à praça Rui Barbosa e Tiradentes, ou mesmo nas lojas de couro na Alameda Dr Muricy.

Não deixem para depiois, apareçam na oficina, para nos revermos, matarmos saudades e trocarmos idéias, além, é claro, de fazermos belissimas peças.

Fogo na caldeira e asas à imaginação!!!

Como foi Submundo SteamPunk: viagem ao cabaré CAOS

// September 27th, 2011 // 8 Comments » // Loja, Moda, SteamPunk

Concluímos que o “Submundo SteamPunk: viagem ao cabaré Caos” cumpriu com seu intento. Um evento diferenciado dos demais que vínhamos fazendo até então e que pretendemos continuar fazendo. Uma mistura de SteamPunk, DieselPunk e CyberPunk.

Vista geral do Submundo SteamPunk – foto Irineu Klosowski

Foi uma experiência que fugiu ao que tradicionalmente temos realizado até o momento.

DJ Guardian de Curitiba e da Loja PR do Conselho SteamPunk – foto Irineu Klosowski

No início de nossa comunidade no Orkut solicitamos várias sugestões para tentar agradar a todos, mas como diz o ditado “não é possível agradar a gregos e troianos ao mesmo tempo”.

DJs de Mafra (SC) do Projeto Firetrix e da Loja PR do Conselho SteamPunk: DJ. Junio Bauer e DJ JC – foto Irineu Klosowski

Ainda não conseguimos fazer a máquina a vapor para satisfazer steamers como Bruno Hoffman, Rômulo Nascimento e Luciano Sell, mas não desistimos.

Sancta Badra, Cléo Cavalcanty, Aline Walkoff e Miss McCarthy – foto Irineu Klosowski

O Submundo Steampunk abriu suas portas mais tarde, apesar dos avisos do flyer, barrou menores na entrada, trouxe 3 Djs que tocaram praticamente a noite inteira, pausando somente na troca entre eles para uma apresentação especial bem ao estilo Cabaré Caos, quando 4 mulheres apresentaram sua performance especialmente ensaiada para esse tipo de evento.

Foto Irineu Klosowski

A festa acabou apenas às 4 da manhã.

Os sons melódicos saindo da música de DJ Guardian – foto Marcos Mathias

Para descrever um pouco melhor, reproduziremos aqui a mensagem enviada por um dos steamers presentes:

Ilustríssimos Senhores:

 

Minhas sinceras saudações.

 

Na condição de um cidadão-comum da província curitibana da Comarca do Paraná, através desta carta congratulo e elogio – em nome de uma dúzia de convidados ao qual representei – os idealizadores do ousado evento realizado pela Loja Paraná, jurisdicionada ao Conselho SteamPunk, no último sábado 24 de setembro de 2011, a.D., nomeado pertinentemente de Cabaré Caos.

Juntamente de minha digníssima ladie, compareci ao referido munido do mais descente respeito pelos cavalheiros e damas que adornaram com beleza e competência o ágape do qual propuseram ao público suas sãs energias. Em companhia também de distintos cavalheiros da baixa sociedade coré-etubana, compartilhamos das honrarias do prazer e da glutonaria, pecados estes que nos seriam condenáveis numa sociedade hipócrita. Nossas cartolas tremularam ao repique da excelente música, executada com esmero e conveniência típica de trovadores do populacho das melhores tavernas londrinas.

Injusto seria não proferir augures também às belíssimas dançarinas que fizeram desamarrar muitíssimos espartilhos ao fim da noite por parte de suas congêneres. Tão aclamado momento fez pulular os pelos e cabelos, de cabeça a cabeça, de qualquer gentleman ali presente, quer fosse este viril ou não. Um espetáculo digno de admiração e imaginação despudorada, própria da insanidade à qual conduziu.

Sugerimos, portanto, a reprodução de festins desta magnitude com mais freqüência, uma vez que nossa simplória vila é desprovida destas qualidades surreais e extremamente carente a este respeito. Artistas de vossa estirpe, surgidos como a mais famosa trupe circense dos confins da terra, ou mesmo, poetas das delícias terrenas nascidos do maquinário da indústria do impossível, são dignos de rememoração e altivez por parte dos cidadãos das terras do Guairacá. Nossos clamores vos são concedidos neste tom, meus senhores!

Trazeis vós a modernidade do vapor, o espetáculo da engrenagem, a ascensão e o progresso da viagem pelos ares e pelo tempo a esta cidade que teima em não dar corda em seus relógios. Permiti-nos o desligamento deste mundo de racionalidade e iluminismo exagerados através dos prazeres da carne e da alma, dos sentidos e do coração, movidos pela contemplação de belas damas, a companhia de incomparáveis cavalheiros e a alucinação do absinto mesclado ao mosto da cana-de-açúcar gerado pelos moinhos tupiniquins.

Absolutamente tudo sentido através da liberdade da alma, porém, com a devida moderação material, abre caminhos jamais superados. É disso que temos sede…

Como diria o irmão do esquadro e do compasso, Júlio Verne, “Tudo o que uma pessoa pode imaginar outras poderão fazê-lo na realidade.”

 

Agradecidamente

 

Rogério Bealpino.’.

(e seus consócios)

 Steamers André e DJ JC de Mafra

Agradecemos às dançarinas: Cléo Cavalcanty, Miss McCarthy, Sancta Badra e Aline Walkoff por sua excelente performance “chair dance”.

Ao AOCA Bar por acreditar em nossa empreitada e por nos proporcionar o espaço e a oportunidade de divulgar um movimento underground em seu estabelecimento.

Capitã Anne foto Roberson Caldeira Nunes

A loja de fantasias Criatura de Marte pelo empréstimo da cortina que acabamos não usando.

DJs de Mafra (SC) do Projeto Firetrix DJ. Junio Bauer e DJ JC – Foto Daniel Doerner

Aos steamers e DJ de Curitiba (PR) DJ Guardian e aos DJs de Mafra (SC) do Projeto Firetrix DJ. Junio Bauer e DJ JC.

Steamers da Vila Join (Joinville – SC)

Além da presença dos steamers curitibanos, agradecemos também às ilustres presenças de steamers da Vila Join (Joinville-SC), Guarapuava (PR) e Belo Horizonte (MG), que nos prestigiaram.

Steamer Bruce Lima da Loja Minas Gerais do Conselho SteamPunk (Projeto Caoss http://caossblog.blogspot.com/)

Assista aqui a coreografia  Chair Dance: http://www.youtube.com/watch?v=KN1uh6hlqmw

 

A todos, o nosso muito obrigado!

Fogo na caldeira e asas a imaginação steamers!


Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/designio/public_html/pr/wp-content/plugins/all-in-one-seo-pack/aioseop_class.php:3954) in /home/designio/public_html/pr/wp-content/themes/irresistible/set.php on line 1